Radioterapia

O que é radioterapia?

A radioterapia é um tratamento utilizado para destruir tumores cancerígenos, com a aplicação de radiações ionizantes. Tem aplicação local para conter o avanço de células cancerígenas e busca atingir apenas as células malignas, tentando evitar atingir células não doentias subjacentes ao local aplicado.

A radioterapia pode ser administrada sozinha, ou em conjunto com outras terapias como quimioterapia ou outros métodos de tratamento, além de poder ser indicado antes ou pós cirurgia. Pode ser usada para cura total do tumor ou evitar remissão da doença, atingindo as também células neoplásicas quando ainda estão em fase de desenvolvimento.

Como é feita a radioterapia?

São utilizados aparelhos que produzem radiação a partir de energia elétrica, liberando raios X e elétrons ou com fontes de isótopo radioativo, como cobalto, césio ou irídio, gerando raios gama na região onde são direcionados e aplicados com tubos, fios, agulhas ou placas.

O objetivo dos raios ionizantes é o de destruir e eliminar o DNA das células cancerígenas de forma a conter a proliferação das células cancerígenas. As sessões de radioterapia não fracionadas, de forma a se obter os efeitos benéficos da recuperação em um período determinado.

Que tipos de efeitos colaterais pode ter a radioterapia?

Normalmente, os efeitos das radiações são bem tolerados, dependendo da área total de irradiação de tratamento e a aplicação fracionada, conforme orientação médica.

Podem ocorrer queda de cabelo, náuseas, vômitos, diarreia, tosse, vermelhidão e coceiras na pele, alterações no desejo alimentar, ardor para urinar e secura vaginal ou diminuição do fluido de ejaculação no caso do tratamento da próstata.